EDWARD DMYTRYK

mirazh_pek_04

Mirage (Miragem, EUA, 1965), de Edward Dmytryk, é um ótimo thriller paranoico, escrito por Peter Stone, a partir de uma novela de Howard Fast. Durante um blecaute em Nova Iorque, o executivo David (Gregory Peck) cruza com Shela, uma mulher elegante (Diana Baker), que reconhece sua voz. Enquanto descem as escadas, ela diz coisas íntimas e inquietantes sobre certo Major. Mas David afirma não conhecer nenhum Major, não reconhecendo tampouco a mulher.

Perto da saída, quando a luz revela a face do executivo, Shela se descontrola e, ao invés de ganhar a rua, foge para o subsolo, queixando-se do jogo sujo de seu conhecido. O executivo tenta se explicar descendo três lances de escada, mas não encontra mais a estranha. Na saída, em frente ao prédio, ele se depara com o corpo coberto de um homem que se estatelara no chão. Irritado, ele procura novamente a mulher no subsolo, mas descobre que não há subsolo no prédio. É o início de uma sarabanda de ocorrências estranhas que envolvem o personagem. Sofrendo de amnésia, ele não é quem pensa que é. E precisa de socorro.

Depois de descobrir que o morto é um célebre pacifista, David passa a ser ameaçado por homens armados. Procura um psiquiatra, Dr. Broden (Robert Harris), cujo livro encalhado vê à venda por uma ninharia numa livraria, mas esse gênio o rejeita. Contrata o detetive amador Ted Caselle (Walter Matthau), que é assassinado. É seguido pela venal, apaixonada, maternal, corrupta, terna e traiçoeira Shela, mais misteriosa e ambígua a cada encontro. E testemunha a eliminação de todas as pessoas que tentam ajudá-lo.

Finalmente, David chega a um beco sem saída. Ao visitar a viúva do pacifista morto, que o reconhece como um dos melhores amigos do marido, ele encontra uma fotografia do Major, que controla o grupo O Mundo do Futuro, e decide enfrentá-lo. Este poderoso militar capitalista deseja algo que David possui e que ele não sabe o que é. A sinistra trama política desenrola-se através de flashes de uma memória avariada, como peças de um quebra-cabeça, até que a última delas, a que dá sentido ao todo, aquela que causou a amnésia do personagem, é por ele recuperada na chocante sequência final.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s